e-escola

Análise elástica de lajes Avançado

Publicado em 27/10/2008 

Ficha de Aprendizagem

Síntese

Definição de laje, enquanto elemento estrutural, apresentação de alguns casos reais e introdução das grandezas, em função das quais se descreve o comportamento das lajes e as equações que as permitem relacionar.

Obtém-se a equação diferencial que rege o comportamento das lajes e as correspondentes condições de fronteira, apresentando-se os resultados para alguns casos simples.

Por fim, identificam-se alguns dos parâmetros que definem as dimensões da laje e as condições de apoio. Para as opções indicadas é apresentada a solução para o problema. Com este tópico interactivo, pretende-se que seja possível compreender as diferenças de comportamento das lajes em função da sua geometria e das condições de apoio definidas.

Palavras-chave
  • Lajes
  • Teoria de Kirchhoff
  • Peças laminares
Objectivos de aprendizagem

A aprendizagem neste tópico envolve os seguintes objectivos:

  • Descrever o conjunto de grandezas e de equações envolvidas na análise elástica de lajes;
  • Ilustrar o comportamento das lajes com recurso a exemplos simples.
Pré-requisitos

Os seguintes conhecimentos são essenciais para a compreensão deste tópico:

  • Teoria da elasticidade
  • Resistência de materiais
  • Equações diferenciais

Laje

É uma peça laminar planaGlossário sujeita a flexão. Trata-se de um sólido limitado por uma ou mais superfícies cilíndricas (bordos da laje) e por dois planos normais paralelos normais às geratrizes das superfícies cilíndricas (faces das lajes).

As forças exteriores actuantes no plano médioGlossário da laje são apenas forças normais a esse plano. Não se consideram forças actuantes segundo as direcções do plano médio, situação correspondente às placasGlossário.

Fig. 1 - Placa e laje: estruturas laminares planas.

Isto é o que sucede para a maioria dos pavimentos de edifícios em que, para as acções ditas verticais (peso próprio ou sobrecargas correntes em edifícios) o pavimento se comporta como uma laje ao passo que para as acções ditas horizontais (sismo, por exemplo) o mesmo pavimento se comporta como uma placa.

As lajes podem ser classificadas como finas ou como espessas. As lajes finas são as que predominam em estruturas na área da Engenharia Civil. Nestes casos considera-se como desprezável a deformação por corte. É este o tipo de laje (Laje de Kirchhoff) que é apresentada neste tópico.

As lajes são estruturas correntes na área da Engenharia Civil. Eis alguns exemplos reais:

ScreenShot da Aplicação
Flash Icon
A visualização deste conteúdo requer a instalação do

Autor e Créditos

Autor:

  • Luís Castro
  • João Teixeira de Freitas

Créditos:

  • Octávio Martins
  • Eduardo Pereira
 

Referências Bibliográficas

 

Para comentar tem de estar registado no portal.

Esqueceu-se da password?

© 2008-2009, Instituto Superior Técnico. Todos os direitos reservados.
  • Feder
  • POS_conhecimento