e-escola

Platina Básico

Publicado em 28/10/2008 

Reactividade

A platina, tal como os elementos do mesmo grupo, é muito pouco reactiva, sendo o elemento menos reactivo do grupo 10. Assim, a platina é um metal extremamente estável e resistente à corrosão. Não oxida quando exposta ao ar, a nenhuma temperatura.

É resistente ao ataque da maioria dos ácidos minerais mas susceptível à água-régiaGlossário. É ainda susceptível (embora menos do que à água-régia) aos ácidos sulfúrico e fosfórico, a quente, dissolvendo-se, também, em bases fortes fundidas.

Com o oxigénio a platina pode formar os óxidos PtO PtO2 e PtO3 sendo destes o PtO2 o mais estável.

Quando se aquece boro, silício, chumbo, fósforo, arsénio, antimónio ou bismuto num cadinho de platina podem formar-se misturas de baixo ponto de fusão destabilizando, portanto, o metal que é componente do cadinho.

Apesar de pouco reactivo para formar compostos com outros elementos, a platina apresenta uma elevada reactividade como catalisador. Uma mistura de hidrogénio e oxigénio entrará em ignição na presença de platina como se tivesse sido submetida a uma faísca, uma vez que o metal é capaz de catalisar a combustão do hidrogénio. Este é um dos motivos pelos quais a platina é muito utilizada como catalisador numa grande variedade de reacções, em particular na oxidação do CO e dos hidrocarbonetos não queimados à saída dos motores dos automóveis.

Autor e Créditos

Autor:

 

Para comentar tem de estar registado no portal.

Esqueceu-se da password?

© 2008-2009, Instituto Superior Técnico. Todos os direitos reservados.
  • Feder
  • POS_conhecimento