e-escola

Boro Básico

Publicado em 28/10/2008 

História

A primeira referência conhecida ao bórax, um composto de boro – o borato de sódio - data do tempo dos impérios Romanos, Babilónios e Egípcios, mas não há certeza que esta referência fosse exclusiva desse composto de boro ou incluísse outros sais. A única fonte conhecida de bórax no mundo antigo era no Tibete, que o exportava para o próximo oriente e para a Europa até aos finais do século XVIII.

É certo que no ano 1000 os Mouros já utilizavam bórax como fundente para trabalhar metais e que o boro era utilizado como cosmético, sendo mesmo mencionado nos Contos de Canterbury de Geoffrey Chaucer em finais do século XIV. A própria rainha Isabel I de Inglaterra tinha uma grande colecção de cosméticos contendo bórax.

A característica cor verde à chama foi descoberta em 1732 por Geoffroy, o Novo.

No século XVIII descobriram-se grandes depósitos de bórax em Itália, na Toscânia, e no deserto da Califórnia na América do Norte.

Em 1808 dois cientistas franceses, Louis Joseph Gay-Lussac e L. J. Thenard, e o inglês Sir Humphry Davy conseguiram, trabalhando separadamente, isolar uma pequena porção de boro aquecendo um borato com potássio metálico. No entanto estas amostras eram bastante impuras, sendo difícil obter boro puro, apesar de ser menos reactivo que os elementos que o precedem na tabela periódica. Só muito mais tarde, no final do século XIX, Moissan, preparou amostras com pureza superior a 90% e foi já no século XX que se conseguiram preparar amostras com pureza acima de 99 % e que permitiram medir com rigor as suas propriedades.

O nome vem do inglês boron, proposto por Humphry Davy, que o compôs a partir do mineral de onde foi preparado, o borax, e o carbono (carbon) elemento com que se assemelhava.

O boro esteve ainda envolvido na descoberta de um novo elemento, o laurêncio, que foi produzido em 1961 bombardeando átomos de califórnio com iões de boro.

Autor e Créditos

Autor:

 

Para comentar tem de estar registado no portal.

Esqueceu-se da password?

© 2008-2009, Instituto Superior Técnico. Todos os direitos reservados.
  • Feder
  • POS_conhecimento