e-escola

Potência Básico

Publicado em 04/02/2009 

Ficha de Aprendizagem

Síntese

Introdução ao conceito de potência, com proposta de um questionário de resposta curta para aplicar os conhecimentos adquiridos.

Palavras-chave
  • Energia
  • Potência
  • Potência Térmica
  • Potência Motora
  • Potência Calorífica
  • Potência Energética
Objectivos de aprendizagem

A aprendizagem deste tópico envolve o seguinte objectivo:

  • Compreender o conceito de potência.
Pré-requisitos

Os seguintes conhecimentos são essenciais para a compreensão deste tópico:

A potência energética é uma medida da capacidade de interacção de um sistema por unidade de tempo, ou seja, é a taxa de variação da energia com o tempo.

A definição de potência é

em que P é a potência, E é a energia e t é o tempo.

A Unidade SI de potência é o Watt. Existem outras Unidades de Potência: CV, hp, erg/s, Btu/h, Cal/h.

Imaginemos que uma rapariga e um rapaz, a Marta e o João, são colocados num pavilhão com várias pessoas. Ambos têm a mesma energia. A certa altura, sentem necessidade de interagir com as pessoas à sua volta. A Marta, tagarela como é, rapidamente conhece o nome de toda a gente. O João, mais tímido, só fala de vez em quando com um ou outro, olhando de esgar para os estranhos blocos que se amontoam a um canto do pavilhão. Passado algum tempo, a Marta já está cansada de falar, já arranjou um monte de amigos! O João, por sua vez, continua a falar, vai perguntando se alguém sabe para que servem os blocos. A Marta consegue falar muito mais que o João por minuto, tem uma maior “potência de fala” e consegue interagir mais que o João no mesmo intervalo de tempo.

No entanto, ficou cansada (gastou a energia que tinha armazenada no corpo) mais depressa. Depois de lhes darem uma refeição para reporem a energia que tinham quando entraram, pediram aos dois para empilharem os blocos em duas torres com o mesmo tamanho. O João lançou-se ao trabalho e rapidamente fez a sua torre, ficando completamente estoirado. A Marta, por sua vez, com muito esforço lá foi carregando um e outro bloco, até que não conseguiu mais… O João tem uma muito maior “potência de carga” que a Marta. Rapidamente usou toda a sua energia para construir a torre. A Marta não tem potência suficiente para carregar os blocos. No entanto, com a energia que sobrava, usou a sua “potência de fala” para por todos os seus amigos a construir a torre de blocos por ela…

De facto, um sistema com uma certa energia, pode sentir necessidade de interagir com o seu meio a certa altura. Essa interacção faz-se por trocas de energia. A quantidade de energia trocada a cada segundo (utilizando unidades do sistema internacional), pode ser maior para um ou para outro sistema. Essa taxa de variação de energia com o tempo é a potência. Assim, um sistema com maior potência recebe ou transmite mais energia por cada segundo que passa.

Este valor é calculado a cada instante, pois pode variar se mudarem as circunstâncias.

Num certo intervalo de tempo, t, ao ocorrer uma troca de energia, correspondente à variação EquaçãoE, a potência média é:

Equação

Se o EquaçãoE se referir ao trabalho, W, chama-se de potência motora: P=W/t.

Se o E se referir ao calor, Q, chama-se potência calorífica ou térmica: P=Q/t.

Autor e Créditos

Autor:

 

Tópicos Relacionados

 

Para comentar tem de estar registado no portal.

Esqueceu-se da password?

© 2008-2009, Instituto Superior Técnico. Todos os direitos reservados.
  • Feder
  • POS_conhecimento