e-escola

Berílio Básico

Publicado em 06/11/2007 

Reactividade

O berílio é o primeiro elemento do grupo dos metais alcalino-terrosos; no entanto, a sua reactividade afasta-se um pouco da que é característica deste grupo, pois quando comparado com os outros elementos é relativamente pouco reactivo. Não reage com a água, quer esta esteja no estado líquido ou no estado gasoso, mesmo que seja aquecido, e a maior parte das reacções em que entra, só ocorrem a altas temperaturas. Por exemplo, reage com o ar apenas acima de 600ºC.

No que respeita à corrosão o berílio metálico (à semelhança do alumínio) forma uma fina camada de óxido de berílio, inerte e impermeável, na sua superfície, o que evita a oxidação do metal que se encontra no interior (fenómeno conhecido por passivação).

Ao contrário do que sucede com os metais alcalinos não reage com o hidrogénio.

A sua química é dominada pela formação de compostos covalentes, mesmo quando reage com elementos bastante electronegativos, ao contrário do que acontece com os restantes elementos do mesmo grupo que, com excepção do magnésio o qual tem um comportamento intermédio, formam essencialmente ligações iónicas com os elementos com que reagem. Tem tendência para formar iões complexos com um número de coordenação máximo de quatro, o qual corresponde a utilizar para a ligação, conjuntamente com a orbital 2s, as três orbitais 2p que estão acessíveis.

Exemplos de reacções

Reacção do berílio com o ar

Da combustão do berílio elementar ao ar, que só acontece quando o metal se encontra na forma de pó finamente dividido, formam-se dois compostos, um óxido branco, o óxido de berílio (BeO), e nitreto de berílio, Be3N2.

  • Be (s) + O2 (g) → 2BeO (s)
  • 3 Be (s) + N2(g) → Be3N2 (s)

Reacção do berílio com halogéneos

A reacção do berílio metálico com os halogéneos, bromo (Br2) e cloro (Cl2) gasosos,  é realizada a quente e origina os sais respectivos, brometo de berílio, BeBr2 e cloreto de berílio, BeCl2.

  • Be (s) + Br2 (g) (50ºC) → BeBr2 (s)
  • Be(s) + Cl2(g) (400°C) → BeCl2(s)

Reacção do berílio com ácidos

O berílio reage com o ácido sulfúrico, à semelhança dos outros metais libertando hidrogénio (H2).

  • Be(s) + H2SO4 (aq) → BeSO4  (aq) + H2(g)

Não reage, no entanto, com o ácido nítrico concentrado, a frio, devido a passivação, ou seja, à formação de uma camada de óxido à sua superfície.

Reacção do berílio com bases

O berílio é o único elemento do grupo dos metais alcalino-terrosos a reagir com bases aquosas produzindo hidrogénio. De facto, em soluções básicas, como por exemplo, soluções de hidróxido de sódio (NaOH), o berílio é oxidado, formando-se o ião berilato, Be(OH)42-, e libertando-se H2 gasoso.

  • Be(s) + 2OH-(aq) + 2H2O (l) → [Be(OH)4]2- (aq) + H2 (g)

Autor e Créditos

Autor:

 

Para comentar tem de estar registado no portal.

Esqueceu-se da password?

© 2008-2009, Instituto Superior Técnico. Todos os direitos reservados.
  • Feder
  • POS_conhecimento