e-escola

Movimento curvilíneo Avançado

Publicado em 07/04/2004 

Quando a força aplicada num corpo forma sistematicamente um ângulo diferente de zero graus com a direcção do movimento, a trajectória torna-se curvilínea.

Podemos definir um referencial do corpo que, visto o movimento não ser rectilíneo uniforme, é um referencial não-inercial. Esse referencial é chamado base de Frenet. Os eixos e são vectores unitários (ou de norma 1) perpendiculares, em que está na direcção tangencial à trajectória e aponta para o sentido do movimento de modo que , e está na direcção normal à trajectória curvilínea, ou seja, aponta para o interior do raio de curvatura da trajectória naquele instante. A aceleração pode assim ser separada nas suas duas componentes: a tangencial e a normal, respectivamente e . A cada instante: e .

Sabemos que:

e

em que:

Autor e Créditos

Autor:

Créditos:

  • Salvina Ribeiro
 

Tópicos Relacionados

 

Para comentar tem de estar registado no portal.

Esqueceu-se da password?

© 2008-2009, Instituto Superior Técnico. Todos os direitos reservados.
  • Feder
  • POS_conhecimento