e-escola

Avaliação da susceptibilidade de bactérias Gram-negativas a antibióticos Básico

Publicado em 18/11/2005 (revisto em 04/04/2007)

Ficha de Aprendizagem

Palavras-chave
  • Antibióticos antibacterianos
  • Susceptibilidade de bactérias a antibióticos
  • Método de difusão em agar
  • Halos de inibição
Pré-requisitos

Para a compreensão dos conceitos desenvolvidos neste tópico constituem pré-requisitos os seguintes conhecimentos:

Bio_M_CMC_CC_placa_halo_inibic

Os antibióticos são substâncias químicas usadas no tratamento de doenças infecciosas (causadas por microrganismos), que se distinguem de outros agentes quimioterapêuticos pelo facto de ocorrerem naturalmente. Duma forma geral, são substâncias químicas sintetizadas por microrganismos ou plantas, letais para outros microrganismos ou com a capacidade de inibir o seu crescimento, sendo eficazes em doses baixas. De entre os agentes quimioterapêuticos, os antibióticos com acção antibacteriana são utilizados no tratamento de doenças infecciosas causadas por bactérias.

Actualmente, existem disponíveis comercialmente várias dezenas de antibióticos antibacterianos, que diferem na estrutura química e no alvo e modo de acção.

A eficácia de um antibiótico na inibição do crescimento de um dado microrganismo pode ser avaliada com base em diferentes métodos, entre eles o método da difusão em agar, que se baseia na determinação dos halos de inibição do crescimento.

Na classificação da susceptibilidade de bactérias a antibióticos com base no método da difusão em agar, recorre-se a procedimentos experimentais padronizados e a valores de referência (“standards”), previamente tabelados, do diâmetro dos halos de inibição (como por exemplo os divulgados pelo NCCLS - “National Committee for Clinical Laboratory Standards”, USA). O NCCLS é uma organização reconhecida internacionalmente, sem fins lucrativos, que tem como missão o desenvolvimento e divulgação de regras de boa prática laboratorial, assim como de procedimentos padronizados e de valores de referência a usar na avaliação da susceptibilidade de microrganismos a agentes antimicrobianos quimioterapêuticos.

Na tabela seguinte apresenta-se, como exemplo, os valores de referência para classificar a susceptibilidade ao antibiótico ciprofloxacina de bactérias Gram negativas ou Gram positivas (com excepção de Haemophilus spp., Neisseria gonorrhoeae e Estreptococos)
(fonte: NCCLS).

Antibiótico Quantidade no disco Diâmetro do halo de inibição (mm) Classificação da bactéria
Ciprofloxacina 5µg ≤15 Resistente
    16-20 Intermédia
    ≥21 Susceptível

Autor e Créditos

Autor:

 

Tópicos Relacionados

 

Para comentar tem de estar registado no portal.

Esqueceu-se da password?

© 2008-2009, Instituto Superior Técnico. Todos os direitos reservados.
  • Feder
  • POS_conhecimento