e-escola

Forças de atrito Intermédio

Publicado em 04/05/2004 (revisto em 02/03/2010)

Ficha de Aprendizagem

Síntese

Explicação e análise das forças de atrito quando um corpo se encontra parado em cima de uma mesa inclinada e quando o corpo está em movimento.

Palavras-chave
  • Forças de atrito
  • Coeficiente de atrito estático
  • Coeficiente de atrito cinético
Objectivos de aprendizagem

A aprendizagem neste tópico envolve os seguintes objectivos:

  • Analisar as forças de atrito que actuam sobre um corpo, em diferentes situações;
  • Saber calcular o coeficiente de atrito, a força de atrito e a força resultante.
Pré-requisitos

Os seguintes conhecimentos são essenciais para a compreensão deste tópico:

  • Peso
  • Aceleração da gravidade
  • Forças de reacção

Ao contrário do que se assumiu no exemplo dado no tópico peso, aceleração da gravidade e forças de reacção, numa situação real, a superfície de uma mesa não é perfeitamente lisa, uma vez que todas as superfícies têm rugosidades.

Quando o livro vai escorregar em cima da mesa inclinada e, dado que as superfícies em contacto têm rugosidades, microscopicamente estão a acontecer muitos pequenos choques, que travam o progresso do livro.

Qual é a força que condiciona a maior ou a menor facilidade com que o livro escorrega e que actua no livro alterando as condições do problema?

Este fenómeno é complexo e depende de vários factores, como a condição ou estado e natureza das superfícies, a velocidade relativa, etc., e é descrito normalmente de forma fenomenológica, traduzindo os múltiplos microchoques numa força macroscópica, a força de atrito, com a mesma direcção e sentido oposto ao vector velocidade do corpo:

sendo o coeficiente de proporcionalidade f chamado coeficiente de atrito.

Autor e Créditos

Autor:

Créditos:

  • Salvina Ribeiro
 

Tópicos Relacionados

 

Para comentar tem de estar registado no portal.

Esqueceu-se da password?

© 2008-2009, Instituto Superior Técnico. Todos os direitos reservados.
  • Feder
  • POS_conhecimento