e-escola

Carl Gustav Jakob Jacobi (1804 - 1851)

Publicado em 23/09/2009

Jacobi
Carl Gustav Jakob Jacobi
Fonte da imagem: MactutorLink externo.

"Devemos sempre generalizar”. (Jacobi)

Carl Gustav Jacobi nasceu no dia 10 de Dezembro de 1804, filho de um próspero banqueiro Judeu. Tinha três irmãos, dos quais se destaca o mais velho, Moritz Jacobi, que se tornou um físico famoso. Durante a sua infância o seu tio encarregou-se da sua educação, preparando-o para o Gymnasium de Potsdam. Em 1817, ainda no primeiro ano do liceu, o seu talento foi notado e transferiram-no para o último ano. No final desse ano estava já em condições de frequentar a universidade, mas acabou por não ser admitido devido à sua tenra idade.

Até atingir os dezasseis anos prosseguiu independentemente os seus estudos académicos. Em 1821, quando foi admitido na Universidade de Berlim, tinha já estudado os textos de EulerIntroductio in analysis infinitorum” e procurado, por si, soluções para equações polinomiais de grau cinco, por radicais. Na universidade tentou aprofundar os seus conhecimentos em matemática e frequentou aulas reconhecendo, no final, que o ensino era de má qualidade. Procurou assim estudar por si os trabalhos de Lagrange.

No final de 1824 conseguiu as habilitações necessárias e foi colocado como professor no Joachimsthalsche Gymnasium, na época uma das principais escolas em Berlim. Ainda nesse ano submeteu à Universidade de Berlim a sua tese de doutoramento. Sendo Judeu, viu recusadas as suas tentativas de agregação à Universidade.

Em 1825 apresentou à Academia de Ciências de Berlim um artigo cuja publicação foi rejeitada. Ainda nesse ano decidiu mudar as suas convicções religiosas, tornando-se cristão. Desta forma, conseguiu uma colocação na Universidade de Berlim. Insatisfeito com o ambiente científico decidiu mudar-se para a Universidade de Königsberg onde chegou em 1826, juntando-se a Franz NeumannLink externo e a BesselLink externo.

Nessa altura, Jacobi tinha já feito várias descobertas na área da teoria dos números. Com essas descobertas conseguiu impressionar Gauss e LegendreLink externo. Este último chegou mesmo a considerá-lo, juntamente com Abel, o melhor analista da sua era. Em 1829, viajou a Paris e conheceu pessoalmente Legendre, FourierLink externo e PoissonLink externo. Com o seu trabalho em funções elípticas “Fundamenta nova theoria functionum el lipticarum” conseguiu atrair a atenção de toda a comunidade matemática e alcançar o seu lugar como um dos maiores matemáticos da época.

A 11 de Setembro de 1831 casou-se com Marie Schwinck e no ano seguinte reforçou a sua posição de professor na Universidade de Königsberg. Iniciou então um ciclo de seminários que atraiu para a sua universidade muitos dos melhores alunos da época.

Em 1843 começou a manifestar sintomas de depressão, por excesso de trabalho e decidiu viajar por Itália para recuperar forças. Com manifestas melhoras, regressou a Berlim, onde viveu até à sua morte.

Em 1844 Jacobi voltou à actividade académica e apresentou uma série de seminários, na Universidade de Berlim, sobre a teoria da mecânica analítica, desenvolvida por Lagrange.

O final da sua vida foi marcado pela activa participação em conflitos políticos em oposição ao regime monárquico. Jacobi era um subsidiário real e, simultaneamente, um opositor à monarquia, o que provocou a suspensão do seu financiamento e consequentes dificuldades económicas. No entanto, naquela época, Jacobi era juntamente com Gauss, uma das figuras mais famosas na Alemanha, pelo que lhe foi oferecida uma posição na Universidade de Viena. Não querendo perder a personalidade de Jacobi, o Rei restituiu-lhe a pensão.

Morreu a 18 de Fevereiro de 1851, vítima de varíola.

Jacobi deixou contribuições importantes em quase todas as grandes áreas da matemática: desde profundas descobertas no estudo de funções elípticas, passando pela teoria dos números à teoria das equações diferenciais. Estudou ainda fórmulas para o cálculo de determinantes, em álgebra linear.

Autor: Marco Robalo

© 2008-2009, Instituto Superior Técnico. Todos os direitos reservados.
  • Feder
  • POS_conhecimento