e-escola

Clinton Joseph Davisson (1881 - 1958)

Publicado em 25/02/2002

Davisson
Clinton Joseph Davisson
Fonte da imagem: Encyclopedia BritannicaLink externo.

Clinton Davisson notabilizou-se na comunidade científica pela descoberta da difracção do electrão por cristais. Pela descoberta (...) recebeu, em 1937, com George Thompson, o Prémio Nobel da Física.

Clinton Joseph Davisson nasceu em Bloomington, Illinois, a 22 de Outubro de 1881. O seu pai, Joseph Davisson, era artesão e a sua mãe, Mary Calvert, era professora de instrução primária. Estudou na escola pública de Bloomington e graças ao seu bom desempenho escolar obteve em 1902 uma bolsa de estudo para estudar matemática e física na Universidade de Chicago , onde recebeu orientação de R.A. Millikan.

Foi nomeado assistente de física na Purdue University em 1904 e no ano seguinte tornou-se formador na Universidade de Princeton (1904-1910). Em 1911 obteve o grau de doutor na mesma Universade com a tese ”On The Thermal Emission of Positive Ions From Alkaline Earth Salts”. Nesse mesmo ano casou com Charlotte Sara Richardson, irmã do Professor Richardson, seu orientador de tese.

Foi professor assistente no Departamento de Física do Carnegie Institute of Technology, Pittsburgh, Pa. (1911-1917) e trabalhou no Cavendish Laboratory, em colaboração com J.J. Thompson.

Em 1917 aceitou o cargo de engenheiro na Western Electric Company (mais tarde Bell Telephone Company), em Nova Iorque e aí permaneceu durante 29 anos. Foi ainda professor de Física na University of Virginia, em Charlottesville, entre 1947 e 1949.

Clinton Davisson notabilizou-se na comunidade científica pela descoberta da difracção do electrão por cristais. Em 1927 fez a primeira observação experimental do comportamento ondulatório dos electrões, tendo descoberto que os electrões podem ser difractados. Comprovou assim experimentalmente a teoria do físico francês Louis de Broglie, segundo a qual o comportamento dos electrões pode ser semelhante ao comportamento de uma onda. Pela descoberta da difracção do electrão por cristais, recebeu em 1937, com George Thompson o Prémio Nobel da Física.

Foi Doutor Honoris Causa pela Universidade de Purdue, Universidade de Princeton, Universidade de Lyon e Colby College e obteve diversos prémios e condecorações, entre os quais o “Comstock Prize” (National Academy of Sciences), a “Elliott Cresson Medal” (Franklin Institute) e a “Hughes Medal” (Royal Society of London).

Faleceu em Charlottesville a 1 de Fevereiro de 1958.

Autor: e-escola

© 2008-2009, Instituto Superior Técnico. Todos os direitos reservados.
  • Feder
  • POS_conhecimento