e-escola

Electroforese de proteínas

Publicado em 11/05/2006 

A electroforese é uma técnica que assenta na separação de macromoléculas por aplicação de um campo eléctrico. Quando um campo eléctrico é aplicado a uma solução de proteínas, estas moléculas migram numa direcção e com uma velocidade que reflectem a sua dimensão (massa molecular) e carga global.

A separação de proteínas tornou-se possível com o desenvolvimento da electroforese em gel de poliacrilamida ou PAGE (de PolyAcrylamide Gel Electrophoresis) em que às amostras a separar é adicionado o detergente SDS (Sodium Dodecyl Sulfate), pelo que a que a técnica é habitualmente conhecida por SDS-PAGE (Weber and Osborn, 1969; U.K. Laemmli, 1970). O detergente SDS é usado para desnaturar proteínas com várias subunidades e para cobrir as moléculas da proteína com cargas negativas. Deste modo, a carga íntrinseca à proteína é mascarada, e a razão carga/massa torna-se constante. Assim, as proteínas são separadas em função do seu tamanho, tal como no caso das moléculas de DNA na electroforese de ácidos nucleicos, em que as amostras aplicadas no gel migram no sentido do eléctrodo positivo (consultar Técnica de SDS-PAGE).

Sub-Temas e Tópicos

© 2008-2009, Instituto Superior Técnico. Todos os direitos reservados.
  • Feder
  • POS_conhecimento