e-escola

Electrostática

Publicado em 11/05/2006 

Actualmente, estamos muito dependentes da electricidade para o nosso dia-a-dia (iluminação, aquecimento, aparelhos domésticos, motores eléctricos…), tendo em conta que há pouco mais de um século nem existiam lâmpadas eléctricas.

Abordamos o estudo do electromagnetismo e da electricidade com o estudo de cargas eléctricas em repouso: a electrostática ou electricidade estática.

Por exemplo, se esfregarmos simplesmente um bocado de vidro, este ficará electrizado, poderá electrizar por contacto outros objectos feitos de certos materiais e desviará um fio de água da torneira. Porquê?

Para tal explicar, é fundamental entender os conceitos de carga eléctrica, de condutor e isolante eléctricos, de carga de um condutor com determinada carga e de força electrostática que uma carga exerce sobre outra (dada pela Lei de Coulomb).

Surge, então, no nosso estudo e, assim também aconteceu historicamente no século XIX, o conceito de campo eléctrico e de linhas de campo eléctrico (também chamadas linhas de força). Uma vez definido o campo eléctrico, podem-se descrever vários fenómenos físicos que ocorrem nele e por acção dele.

Sub-Temas e Tópicos

© 2008-2009, Instituto Superior Técnico. Todos os direitos reservados.
  • Feder
  • POS_conhecimento