e-escola

Identificação de um agrupamento de genes biossintéticos: recurso à sequência do genoma e a ferramentas computacionais

Publicado em 28/06/2005 

A identificação dos factores de virulência envolvidos na patogenicidade das bactérias do complexo Burkholderia cepacia (BCC) é uma das áreas de investigação da maior importância. Muitos de factores de virulência conhecidos em outros micoorganismos patogénicos foram também identificados em estirpes de BCC, sendo a produção de exopolissacárido cepaciano uma das características que se pensa poder estar envolvida na persistência destas bactérias no pulmão do doente com fibrose quística e também na virulência destas bactérias. Na tentativa de determinar a importância do exopolissacárido cepaciano como factor de virulência, foi iniciada um estudo que conduziu à obtenção de mutantes de B. cepacia não produtores de cepaciano e, posteriormente, à identificação do agrupamento de genes envolvido na sua biossíntese.

A utilização de ferramentas computacionais para levar a cabo esta tarefa foi fundamental, sendo apresentada em seguida a estratégia seguida para identificar o agrupamento de genes responsável pela biossíntese do cepaciano. Os resutados obtidos neste trabalho encontram-se já publicados (ver Link externo)

Sub-Temas e Tópicos

© 2008-2009, Instituto Superior Técnico. Todos os direitos reservados.
  • Feder
  • POS_conhecimento